Saiba como preparar Calda Sulfocálcica

Muito utilizada no controle de fungos, ácaros, cochonilhas e outros insetos que podem comprometer a produção, a Calda Sulfocálcica é uma alternativa econômica e de fácil acesso. Além disto,  a solução possui também um efeito de adubação nas plantas, apresentando dois elementos importantes: o enxofre e o cálcio.

Tradicionalmente conhecida como um defensivo agrícola, ela é indicada para a agroecologia e aprovada pela lei dos orgânicos, podendo ser implementada neste tipo de produção*. A calda provém do resultado do preparo a quente da mistura de enxofre, cal virgem e água. Apresenta ampla ação fungicida, inseticida e acaricida, sendo também considerada um fertilizante foliar conferido pelos polissulfetos de cálcio, fornecendo nutrientes às plantas, tais como cálcio e enxofre.

Sua aplicação deve ser efetuada em períodos frescos do dia e com temperatura inferior a 28°C. Ela é altamente alcalina e corrosiva, danificando recipientes de metal, roupas e a pele. Para o seu manuseio e aplicação, deve-se utilizar o Equipamento de Proteção Individual (EPI). Durante o preparo da calda sulfocálcica, atente para a proteção dos olhos, nariz, boca e da pele. Também é necessária atenção dobrada com a família das cucurbitáceas (pepino, melancia, melão e outros) e plantas em florescimento, pois estas apresentam sensibilidade à calda sulfocálcica.

*Produtores orgânicos devem consultar a Avaliação da Conformidade Orgânica (OAC) ou a Organização de Controle Social (OCS), caso seu uso não esteja previsto no plano de manejo orgânico da propriedade para o controle proposto.

Ingredientes para o preparo de 10 litros de calda sulfocálcica:
– 2 kg de enxofre;
– 1 kg de cal virgem;
– 10 litros de água;
– 2 vasilhames de ferro ou latão.

Como preparar a calda sulfocálcica:
1° Passo – Diluição do enxofre e da cal
•Em um vasilhame de ferro ou latão, coloque para ferver 20 litros de agua (A).
• No outro vasilhame, queime a cal em 1 litro de água morna (B).
• O enxofre é diluido em um balde com água morna (C).

CALDA SULFOCÁLCICA 1

•No momento em que a cal apagar (parar de borbulhar), aumente o fogo e aos poucos coloque a mistura de enxofre.
• Acrescente então 10 litros de água fervente e faça uma marca no vasilhame, na altura dos 10 litros.
• Na medida em que a água evaporar, recoloque mais água na altura marcada no vasilhame, deixando sempre 10 litros de calda.

CALDA SULFOCÁLCICA 2


É preciso manter o fogo forte o tempo todo, para garantir a qualidade da calda. Cuidado com os respingos da calda sobre o corpo.

2° Passo – Revolvimento da calda
• É preciso mexer durante todo o tempo de preparo (aproximadamente 1 hora).
• O volume da calda em fervura deve ser sempre de 10 litros.
• Deve ocorrer a reposição da água evaporada pelo calor, colocando água até o sinal marcado na vasilha.

3° Passo – Determinação do ponto da calda
• Quando a calda ficar grossa e adquirir coloração avermelhada, estará pronta.
• Deixe esfriar para o uso ou armazenagem.

4° Passo – Preparo para o uso
• Coe a calda em um pano e verifique a graduação da calda com o uso de um areômetro de Baumé (Bé).

 5° Passo – Armazenagem
• A calda sulfocálcica pode ser armazenada em vidro ou plástico escuro e bem vedado por até 6 meses!

Confira neste vídeo como é feito o preparo da Calda Sulfocálcica para 20l de água: 


Fonte:
Fichas Agroecológicas: Tecnologias apropriadas para a Agricultura Orgânica
Coordenação de Agroecologia – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento 

 

Gostei(41)Não Gostei(0)

Tem algo para acrescentar sobre esse post? Compartilhe com a gente!