Vida no Campo: Abobrinha Tróia com colheita próxima no ES

Nossa equipe técnica visitou na última semana de julho a propriedade do Sr. Valdir Fridrierich, que cultiva a Abobrinha Híbrida Tróia em Córrego Simão, município de Santa Maria de Jequitibá – ES.

5e2298b6-2647-4f7a-8146-8cf27e5f55afO campo acima foi semeado em 20/05/2016 e já deve estar pronto para a colheita na próxima semana, dependendo do clima.

88ea2b15-351d-4aec-80cc-9f424bef446b

O grande destaque deste material é o vigor, a precocidade e resistências a viroses. A Abobrinha Tróia faz parte da Linha Max da ISLA Sementes, uma linha que traz cultivares que passam por um rigoroso processo de melhoramento, resultando em sementes com padrão genético superior.

Apresenta boa arquitetura foliar e excelente vigor, como se pode ver na foto abaixo, oferecendo excelente proteção de frutos. A precocidade desta cultivar também é um fator importante pois em condições de alta infestação de viroses ela vai apresentar um melhor rendimento.

920c0ec3-16a0-4fa2-b774-7953fb8a659f

As resistências desta variedade são ao Vírus do Mosaico da Melancia (WMV) e ao Vírus do Mosaico Amarelo da Abobrinha (ZYMV). Além disso, tem também alta sanidade e frutos cilíndricos com boa uniformidade, tendo comprimento comercial entre 18cm a 20cm e diâmetro de 4cm a 6cm, peso médio de 180g por unidade. 
e223d4e5-39c8-4c50-a2dd-7e2461771b09

Os frutos apresentam casca verde clara e polpa cor de creme, com poucas sementes. Outro bom diferencial é a conservação pós-colheita, facilitando a rotina do produtor com o transporte da carga.

O ciclo médio é de 45 a 50 dias (verão), mas pode variar dependendo do clima. As noites mais frias aumentam o ciclo da planta. A época de plantio ideal é de agosto a fevereiro em regiões com inverno frio (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e sul de Minas Gerais). Nas demais regiões do país, a Abobrinha Tróia pode ser cultivada o ano todo.

Saiba mais sobre essa cultivar e compre sementes online aqui!

 

Gostei(0)Não Gostei(0)

Tem algo para acrescentar sobre esse post? Compartilhe com a gente!