5 passos para aplicar o sistema de terraceamento em sua propriedade

O terraceamento é uma técnica de conservação de solo muito utilizada em terrenos inclinados. Ela protege a terra contra a erosão, resguardando a camada fértil do solo, retendo mais água no terreno e mantendo a terra fértil e produtiva.  Consequentemente, melhorando a qualidade do pasto e da produção agrícola, fator que contribui para o meio ambiente e aumento da renda para produtores que adotam este sistema.

A erosão hídrica está entre os mais significativos processos determinantes da degradação das terras na agricultura brasileira, o que torna a adoção de práticas adequadas para seu controle um dos grandes desafios para a sustentabilidade da produção no Brasil. Com o objetivo de ajudar produtores a reintroduzirem áreas degradadas ao sistema produtivo, a Embrapa Tabuleiros Costeiros, de Aracaju (SE), incentiva o terraceamento, também conhecido como curva em nível.

A técnica consiste em criar barreiras para reter água em terrenos com declive, mantendo a camada fértil do solo e retomando a produtividade. O processo de terraceamento em nível pode ser considerado trabalhoso, mas não difícil. Para realizá-lo são necessários os seguintes materiais:

-trena de 30 metros,

-piquetes de madeira para cada 15 metros,

-mangueira de pedreiro de 35 metros,

-trator de 75 cavalos e arado de três discos.

Confira o vídeo da Embrapa e saiba como realizar este processo em seu terreno em apenas cinco passos, mesmo com apenas 1% de declividade:

Fonte: Embrapa

 

 

Gostei(2)Não Gostei(0)

Tem algo para acrescentar sobre esse post? Compartilhe com a gente!