Mighty Greens: Fazenda de microverdes dentro de contêiner revoluciona a forma de produzir alimentos

Estão pensando em produzir microverdes? Além de deliciosos, eles são extremamente nutritivos e proporcionam diversas vantagens aos produtores rurais! A Mighty Greens, pioneira na produção de microverdes no Brasil, já preparou os seus estoques de sementes da Isla Sementes (e sem agrotóxicos) para garantir muito sabor nas refeições deste final de ano! Produzidos localmente, os microverdes da Mighty Greens se destacam pelo elevado valor nutricional, pela ausência de agrotóxicos e por fomentarem a agricultura sustentável, utilizando 90% de água a menos do que uma fazenda tradicional.


Cheios de sabor, os microverdes de mostarda da Mighty Greens são um sucesso com o público!

A Fazenda Urbana Brasil é conhecida por utilizar tecnologia para otimizar o uso de água, energia, espaço, capital e mão-de-obra. Visando o equilíbrio com o meio ambiente e uma experiência única no consumo de hortaliças, ela está conquistando até mesmo os paladares mais exigentes, e já é um sucesso com crianças!

 
Crianças ficam entusiasmadas ao descobrirem e provarem os microverdes | Fonte: Mighty Greens Brasil


A marca trabalha com amplo portfólio de microverdes, proporcionando aos brasileiros uma alimentação rica em sabor!


Extremamente atrativos, os Microverdes de Rabanete podem dar um toque a mais nas refeições!

“Graças às sementes de alta qualidade da ISLA, a Fazenda Urbana foi capaz de desenvolver e implementar a primeira Fazenda Vertical de Ambiente Controlado na América do Sul. Nós nos concentramos no crescimento da marca Mighty Greens de microverdes – plantas no estágio entre os brotos e a babyleaf”, revela Thomas Oberlin, fundador e diretor executivo da empresa.


Os materiais são produzidos dentro de contêineres

De acordo com ele, nesta fase a planta apresenta mais valor nutricional por quilo do que em qualquer outro estágio de sua vida. “Na Fazenda Urbana usamos apenas sementes sem defensivos, e nós só alimentamos as sementes com água filtrada. Após, os Mighty Greens (microverdes da marca) são entregues vivos e prontos para o consumo de nossos clientes. Eles nunca têm contato com o solo, nem com pragas ou com qualquer tipo de fertilizante”, explica.

 
Thomas e Rodrigo dentro de contêiner de produção! Após, os materiais são comercializados em bandejas bem elaboradas e atrativas

“Na Fazenda Urbana, produzimos um produto consistente de altíssima qualidade, aplicando tecnologia comum na indústria de computação em nuvem. A Fazenda Urbana produz consistentemente o mesmo tipo de plantas em 7 dias, do início ao fim, independente do clima. Nós monitoramos e controlamos a temperatura, a umidade, a frequência da água e a quantidade de luz. Todos os dias é um dia perfeito para o MightyGreens!  Hoje o MightyGreens está disponível nos supermercados e nos principais restaurantes do Rio e São Paulo”, menciona Thomas.


Rodrigo Meyer e Thomas Oberlin, da Mighty Greens, no estande da ISLA Sementes, na Hortitec 2018. Na ocasião eles levaram deliciosos microverdes produzidos a partir de sementes da ISLA para que o público experimentasse! Ao lado Diana Werner, presidente da ISLA Sementes e Claudio Nunes, Gerente de Desenvolvimento da ISLA

 
Resultado dos microverdes de mostarda, da Mighty Greens


Rodrigo Meyer, também fundador da Mighty Greens, com remessa de sementes sem agrotóxicos da ISLA, que chegaram para dar origem aos microverdes que vão garantir refeições cheias de sabor nesse final de ano

Confira na íntegra a entrevista que o Canal do Horticultor realizou com Thomas Oberlin, da Mighty Greens, e saiba como eles vem garantindo o sucesso de sua produção: 

Canal do Horticultor (CH): Quais são os maiores desafios e vantagens de produzir microverdes?
Thomas:
O maior desafio para a maioria das pessoas será tentar produzir um produto consistentemente de alta qualidade em um período de tempo consistente, independente do clima, usando sementes sem defensivos. As vantagens são os ciclos rápidos de produção associados aos microverdes. Se você o fizer crescer em uma estufa, pode facilmente produzir o produto em duas semanas. Na Fazenda Urbana, usando os sistemas que desenvolvemos, podemos produzir a maioria das plantas em 7 dias ou menos.

CH: Como está sendo a aceitação do público? Alguma situação em especial ou história com microverdes que marcou a Mighty Greens?
Thomas: Os chefs vêm usando microverdes há algum tempo. Com a Mighty Greens, agora eles têm uma opção para um produto vegano com uma vida útil muito maior. Além disso, nossos produtos nunca recebem nenhum tipo de fertilizante, nem pesticidas (nem mesmo pesticidas orgânicos), para que possamos oferecer o produto mais puro do mercado. Temos trabalhado diligentemente para educar os consumidores sobre o incrível valor nutricional dos microverdes e sobre como usar os microverdes como parte de sua dieta diária.

Nós, co-fundadores, Rodrigo e Thomas, descobrimos que os nossos enteados comiam microverdes, mesmo enquanto resistiam ao comer outros vegetais, adultos. Então os microverdes se tornaram os primeiros vegetais que eles comiam alegremente!

 CH: Qual o tamanho da área de produção de microverdes de vocês e qual é a quantidade aproximada produzida por mês?
Thomas: Hoje nossa área de produção é de 8 metros quadrados. Estamos usando 50% dessa área para produção. Nesse espaço podemos produzir até 5.000 caixas por mês. Atualmente estamos atualizando a nossa capacidade de produção no Rio e nos preparando para construir uma fazenda maior para instalar em São Paulo no início de 2019. O sistema Fazenda Urbana pode ser instalado em qualquer lugar onde haja acesso a água e eletricidade. E podemos atualizar a nossa capacidade de produção em apenas um mês, quando necessário. Um contêiner marítimo de 12 metros (32 metros quadrados), usando nosso sistema, pode produzir até 40.000 caixas de microverdes por mês.

CH: Quais são os cuidados diários que vocês precisam ter para garantir a excelência destes alimentos?
Thomas: A limpeza e manutenção do sistema de cultivo é um processo constante na Fazenda Urbana. Isso é essencial para produzir qualquer alimento. Ainda mais quando você está produzindo comida viva. O manuseio adequado durante cada etapa do processo de plantio, germinação e crescimento é essencial para a entrega de um produto alimentar vivo.

CH: Existe algum substrato ideal para a produção de microverdes ou depende da cultivar e necessidades de cada produtor?
Thomas: Frequentemente recebemos perguntas sobre qual substrato usamos. Hoje usamos fibra de coco esterilizado.  Mas nossa abordagem é tão diferente que o que usamos pode não ser ideal para outros produtores. Microverdes podem ser cultivados em fibra de coco, fibra de coco em pó, espuma fenólica, lã de rocha, solo, juta e celulose. Nós testamos muitas das opções naturais e cada uma tem seus benefícios e limitações.Recomendamos que um novo produtor teste várias opções para ver qual delas atende melhor seus objetivos.

CH: Que tipos de microverdes vocês comercializam e quais estão fazendo mais sucesso entre os consumidores?
Thomas: Constantemente entregamos 15 tipos de microverdes para restaurantes. Atualmente oferecemos rúcula, couve, repolho roxo, mostarda e rabanete nos supermercados. Hoje, a rúcula é o produto mais popular entre os consumidores!

CH: Quais são as dicas para produtores que querem começar a produzir microverdes? E para quem quer produzi-los em casa?
Thomas: Para os produtores, começar a testar. Não pense demais. Teste, teste e, em seguida, teste novamente. Para o consumidor – comece com semente da Isla sem defensivos. Teste vários tipos de plantas. Saiba o que você pode produzir facilmente e o que você mais gosta de comer.

CH: Como vocês avaliam o surgimento deste mercado no Brasil e quais são as perspectivas para o futuro?
Thomas: Este é um mercado enorme no Japão, nos EUA e na Europa. Vemos cada vez mais pessoas apreciando, não apenas pelo apelo visual e sabor dos microverdes, mas também por causa do poder nutricional que eles fornecem em pequenas doses. Esperamos que o mercado continue a se expandir à medida que os microverdes se tornem mais facilmente disponíveis.

CH: Qual é a sua forma preferida de consumir microverdes?  
Thomas: Nós usamos rúcula para fazer um delicioso pesto. Repolho roxo misturado com água de coco, banana e manga faz um smoothy fantástico. E muitos de nós substituíram o molho de mostarda pela mostarda Mighty Greens em nossos sanduíches.  Mas aqui na fazenda, geralmente comemos os Mighty Greens vivos, diretamente do pacote!

As sementes sem agrotóxicos da ISLA, ideais para a produção de microverdes, podem ser adquiridas online em www.isla.com.br, pelo televendas 0800 709 5050 ou via Whatsapp no (51) 98412 – 8415

Quer saber mais sobre os microverdes? Fique por dentro desta tendência e confira as vantagens para os produtores rurais neste link! E se você está pensando em montar o seu próprio sistema para produzir os materiais, não deixe de conferir este conteúdo!

 

Gostei(10)Não Gostei(1)

Tem algo para acrescentar sobre esse post? Compartilhe com a gente!