Microverdes: pequenos no tamanho e gigantes nas vantagens

O mercado da horticultura cresce a cada dia, assim como a demanda por alimentos cada vez mais saudáveis e pelo vínculo do consumidor com o campo. É possível perceber este movimento em supermercados, feiras e restaurantes, que exploram novos sabores e texturas de hortaliças, trazendo novidades ao público e proporcionando uma alimentação mais equilibrada e diversa. Além de novos produtos, surgem novos métodos de produção, que garantem a otimização do trabalho, do espaço e maior retorno financeiro. E trazendo todos esses conceitos, que impactam desde o produtor rural até o consumidor, surgiram no país os microverdes, pequenos no tamanho e gigantes nos benefícios e no sabor!

Segundo recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Food and Agriculture Organization (FAO), é sugerida a ingestão de no mínimo 400g de frutas e hortaliças para a prevenção de doenças crônicas como as cardíacas, o câncer, a diabetes e a obesidade. No Brasil, apesar do crescimento de hábitos alimentares e estilo de vida mais saudáveis, o consumo é de 73,9g por habitante, segundo dados da última Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF/IBGE). Por isso, inovações como as mini hortaliças e os microverdes podem estimular essas demandas por parte de toda a população brasileira, revertendo estes números. Especialmente entre as crianças, que vem se mostrando empolgadas com as mini folhas e que têm simpatia por produtos de coloração e tamanho diferenciados. De acordo com Rodrigo Meyer e Thomas Oberlin, da Mighty Greens, a empolgação dos pequenos com os microverdes é grande, e eles vem aprovando diversas cultivares!


Microverde de rúcula da Mighty Greens Brasil | Fonte: Mighty Greens Brasil


Crianças ficam entusiasmadas ao descobrirem e provarem os microverdes | Fonte: Mighty Greens Brasil

Os microverdes consistem em plantas tenras e jovens, que podem ser de diferentes espécies herbáceas e aromáticas, colhidas entre 7 e 21 dias após a germinação (quando as folhas cotiledones etão totalmente desenvolvidas e as primeiras folhas verdadeiras estão presentes).

Na hora da comercialização os produtos podem ser higienizados, embalados e prontos para o consumo in natura na forma de salada. Os horticultores também podem investir em mix de folhas, com diferentes espécies misturadas ou vender os materiais em bandejas atrativas, que mostram o próprio substrato.

Uma nova oportunidade de mercado e muitas vantagens para os horticultores

No Brasil, a colheita jovem (segmento de hortaliças gourmet) ainda está começando a ser explorada, o que a torna uma ótima oportunidade de investimento com excelente custo-benefício para o produtor, varejo e consumidor final. São produtos que se diferenciam por terem alto valor nutritivo, visual e sabor extremamente atraentes, e são geralmente reservados a um público que, além de ser consciente dos benefícios da alimentação saudável, também aprecia a boa gastronomia, procura e investe em novidades.

São também cada vez mais procurados por restaurante e hotéis que utilizam essas hortaliças para valorizar seus pratos. Uma pesquisa nacional, realizada pelo Sebrae, revela que há ótimas oportunidades para pequenos negócios que queiram investir na oferta de alimentos saudáveis e diferenciados. De acordo com o levantamento, 6% das micro e pequenas empresas apostam nesse segmento, que é um novo nicho. E tudo isso reforça que, sem dúvidas, essa é uma área excelente para se abrir um novo negócio.

A produção de microverdes requer cuidados fitossanitários e atenção ao substrato utilizado e tempo de cultivo, que é super curto em relação ao ciclo completo das cultivares. Além das características marcantes no sabor e textura, os microverdes contém maior concentração de nutrientes, garantindo uma alimentação ainda mais saudável. Na hora de produzir, uma vantagem para os horticultores é a otimização de espaço: em uma pequena estufa ou área é possível cultivar uma quantidade muito considerável de microverdes. Outro benefício é o ciclo curto, que garante alta rotatividade e constante comercialização dos materiais, e o uso de menos insumos (água, fertilizantes e químicos).


É possível produzir microverdes em pequenas áreas, utilizando métodos como o cultivo vertical!


Comercialização de bandejas de microverdes como saladas prontas é excelente opção para horticultores! 

Por ser uma novidade e seu diferencial no sabor, visual e pelo elevado teor nutritivo, os microverdes são hortaliças de alto valor agregado, garantindo excelente retorno financeiro quando comercializados em feiras, redes de mercados que investem em produtos inovadores e mais naturais e até mesmo no circuíto gastronômico.  Além disso, na hora de cultivar eles apresentam ótima adequação nas diversas técnicas de cultivo, seja orgânica, hidropônica ou convencional (sem a necessidade do uso de agrotóxicos). Também se adaptam a qualquer espaço de cultivo, seja em ambiente rural ou seja em ambiente urbano por meio de cultivo vertical, por exemplo, o que permite estar bem próximo dos locais de consumo, reduzindo as perdas e custos de transporte.

Vamos comer melhor? Os benefícios nutricionais dos microverdes

Pesquisas recentes mostraram que o valor nutricional dos vegetais na fase jovem é significativamente maior se comparado com os vegetais na fase adulta. Isso ocorre por eles conterem concentrações maiores de bioativos, como vitaminas, minerais e antioxidantes. O consumo diário desses elementos é crucial para a promoção e manutenção da nossa saúde.

Estudos realizados com microverdes de aipo, repolho roxo, manjericão e rúcula, por exemplo, apontaram concentrações de nutrientes até 40 vezes maiores que os mesmos vegetais na sua fase adulta. Já os microverdes de coentro são três vezes mais ricos em betacarotenos do que o tempero na sua fase adulta.

Incluir produtos na fase jovem na sua alimentação diária não é difícil e pode trazer inúmeros benefícios, além de estimular o consumo de hortaliças por parte da população, inclusive das crianças, que tem simpatia por produtos de tamanho reduzido e cores diversificadas. Para mais informações.

Conheça os horticultores brasileiros que investem em colheita jovem e estão obtendo excelentes resultados em seus negócios

Proporcionando aos brasileiros uma experiência cheia de sabor, a Mighty Greens é uma marca da Fazenda Urbana Brasil especializada na produção de microverdes. Produzidos localmente, estes microverdes se destacam pelo elevado valor nutricional, pela ausência de agrotóxicos e por fomentarem a agricultura sustentável, utilizando 90% de água a menos do que uma fazenda tradicional. A Fazenda Urbana Brasil é conhecida por utilizar tecnologia para otimizar o uso de água, energia, espaço, capital e mão-de-obra. Visando o equilíbrio com o meio ambiente e uma experiência única no consumo de hortaliças, a Mighty Greens está conquistando até mesmo os paladares mais exigentes, e já é um sucesso com crianças!  Os fundadores Thomas Oberlin e Rodrigo Meyer destacam que o mercado de microverdes está em crescimento no país. De acordo com eles, muitas novidades virão, desde produtos até iniciativas para estimular uma vida mais saudável, como oficinas de cultivo.


Mighty Greens trabalha com amplo portfólio de microverdes! 

Além dela, outros produtores vem se destacando por garantir essas hortaliças em miniatura para os brasileiros! Com o intuito de proporcionar aos filhos uma alimentação mais saudável e uma vida próxima da natureza, Fátima Anselmo e Adilson Silva começaram a cultivar alimentos para o consumo próprio. A ideia, que surgiu em 2001, começou a assumir outras formas e dar mais sabor à localidade de Brejal, no distrito de Petrópolis (RJ). Ao plantar e tornar real o sonho de garantir uma vida mais saudável para os filhos, a paixão pela agricultura familiar cresceu, dando origem à Orgânicos da Fátima, que trabalha com uma série de alimentos sustentáveis e orgânicos.


Fátima Anselmo, da Orgânicos da Fátima, está investindo em colheita jovem!

Dentre a assinatura de cestas orgânicas, oficinas de plantio e alimentação saudável, venda de hortaliças, mini hortaliças e flores comestíveis, está a produção e comercialização de brotos, garantindo uma linha completa de alimentos extremamente nutritivos e apetitosos!


Microverdes da BeGreen, cheios de vida e coloração! 

E com gostinho daquilo que é natural e feito com propósito, a BeGreen é uma empresa mineira que produz hortaliças aquapônicas, sem adição de agrotóxicos, e que está inovando com a produção de brotos e alimentos vivos.  A sua história começou em 2014, quando depois de muitas pesquisas, planos e sonhos compartilhados, nasceu a primeira fazenda da BeGreen em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. Hoje é possível visitar a BeGreen no terraço do Boulevard Shopping, na capital mineira. O espaço conta com ambientes de hortifrúti e restaurante, entre os quais são compartilhadas vivências relacionadas ao cultivo, como cursos e visita à estufa. Um dos grandes destaques são as oficinas de cultivo e de alimentação viva, que abrangem desde microverdes cheios de sabor até hortaliças jovens!

Hortaliças destaque para o sucesso da sua produção

A ISLA Sementes disponibiliza uma ampla linha de sementes de hortaliças jovens, formada por cultivares que passam por um rigoroso processo de seleção, resultando em produtos de qualidade e de alto valor agregado. Para a produção de brotos, destacam-se espécies como: agrião, alho-porro, beterraba, brocólis, cebola, coentro, ervilha, feijão-vagem, funcho, girrasol, mostarda, rabanete, repolho e rúcula. Para o cultivo de microverdes, sementes de acelga, agrião, aneto, alho-porro, beterraba, brócolis, cebola, cenoura, chicória, couve, couve-rabano, coentro, ervilha, girassol, manjericão, mostarda, rabanete e repolho são espécies muito produzidas e comercializadas pelo mercado internacional.


Ravi, o agrião do seco da ISLA Sementes ideal para a produção de microverdes!

Já as folhosas em geral, são ótimas para a produção de baby leafs, destacando-se espécies como alface, almeirão, beterraba, chicória, coentro, couve, ervilha e manjericão. Para a produção de mini hortaliças, destacam-se algumas variedades de abobrinha, abóbora, berinjela, cebola, cenoura, beterraba, pepino, pimentão, rabanete e tomate que são produtos ótimos para serem usados na composição de pratos ou até mesmo na forma de lanches e aperitivos.

Para conferir todo o portfólio acesse em isla.com.br ou entre em contato com a equipe de vendas pelo 0800 709 5050 e via Whatsapp no (51) 98412 – 8415 

 

Gostei(19)Não Gostei(0)

Tem algo para acrescentar sobre esse post? Compartilhe com a gente!