Tomates Lucca e Enzo: Manejo nutricional e desempenho no mercado

Conhecidos por características marcantes, os tomates híbridos Lucca e Enzo são materiais de alto potencial genético, que estão apresentando resultados muito positivos em campo e surpreendendo os produtores de algumas regiões brasileiras. Extremamente saborosos, eles são indicados para horticultores que buscam produtos com frutos grandes e uniformes, aliados a boa resistência às principais doenças.

Cristhofer Cristian Rodrigues da Cruz, Coordenador Técnico de Vendas da ISLA Sementes, e Matheus Scarpat, Gerente de Mercado da ISLA, acompanharam a performance destas cultivares em diversas lavouras brasileiras. Eles compartilharam a sua vivência conosco, trazendo um panorama dos materiais quanto ao mercado nacional e revelando como produtores do Paraná estão realizando o manejo nutricional para obter o sucesso da produção.


Desenvolvimento do Tomate Enzo, na lavoura do horticultor Dirlei dos Santos, em preparativo para o dia de campo realizado com a Horticenter

Na região de Cruzmaltina (PR), o produtor Dirlei dos Santos realizou um manejo surpreendente, que possibilitou aos frutos que alcançassem o máximo de seu potencial! De acordo com o relato de Cristhofer, que acompanhou o trabalho desenvolvido na lavoura paranaense, o cultivo das variedades está tendo uma repercussão muito positiva, especialmente pela excelente tolerância a pragas e doenças, mas exige um bom manejo nutricional. Na localidade, de solo com características argilosas, o Lucca se destacou por ser mais precoce e por ter uma maturação fisiológica de fruto em tom de vermelho intenso brilhante. Já o Enzo, foi aprovado pelo horticultor por ter frutos maiores, acima da média, e por ser uma variedade menos exigente em nutrientes.

“Após o transplante das mudas para uma estufa houve um período de 30 dias de chuva, com temperatura amena, e foi recomendada uma adubação equilibrada (dentro de necessidades da cultura do tomate), mas com uma ressalva: o cuidado com o nutriente N (nitrogênio) no início do desenvolvimento da planta, pois os materiais apresentam vigor acima da média”, explica Cristhofer.


Produção e resultado de colheita do Tomate Híbrido Lucca

Por serem materiais mais precoces, especialmente o Lucca, alguns cuidados são necessários durante o manejo. “A variedade Lucca tem um pouco mais de exigência em P (Fósforo) e K (Potássio). E a variedade Enzo tem um pouco mais de exigência em Potássio. Em relação a micronutrientes, as duas variedades exigem uma frequência semanal de cálcio e boro”, elucida Cristhofer.

De acordo com o Gerente de Mercado da ISLA, Matheus Scarpat, os produtores buscam variedades de tomate que possuam produtividade, qualidade e resistências. Depois de identificadas tais características, eles prezam pela adaptação dos materiais na sua realidade, o que envolve fatores como clima, manejo e aceitação no mercado. “O Lucca e Enzo possuem características de resistências similares, são materiais com alto potencial produtivo que devem ser posicionados dentro de seus respectivos segmentos (Lucca – Saladete e Enzo – Italiano). Neles se destacam a produtividade, o formato dos frutos e sua alta qualidade (sempre firmes e pesado), a coloração, além do pacote de resistências. Podemos dizer que são materiais completos, que oferecem mais segurança ao produtor com as adversidades climáticas e também contra pragas e doenças”, salienta Matheus.



Produção e colheita do Tomate Híbrido Enzo 

Trabalho de campo: Consolidando Lucca e Enzo no mercado nacional

Matheus nos conta que o trabalho com o Lucca e Enzo já está sendo desenvolvido há tempo pela equipe da ISLA, e que passa por uma série de etapas. No momento, foram estruturados canais de vendas nas principais regiões produtoras do Brasil (PR, SP, MG, SC, ES, RJ). Na sequencia, após o trabalho de introdução comercial, será efetuada a  última etapa, que é a pulverização dos produtos em todas as regiões.

“No Paraná já estamos adiantados no que se diz respeito a resultado. Foi a primeira região onde definimos canais e trabalhos, e já estamos colhendo resultados passando a fase final (já temos um grande número de produtores que estão no seu 3° ciclo com Lucca e Enzo). Isso nos da segurança para continuar os trabalhos com mais intensidade”, expõe. Além disso, Matheus releva que os ótimos resultados no Parana servem de parâmetro para outras regiões onde os trabalhos estão em andamento. Ele ainda destaca como fator fundamental os canais parceiros que estão desenvolvendo esse trabalho. “São canais tradicionais em suas respectivas regiões, com credibilidade por parte dos produtores e com equipe técnica no campo. Essa junção de forças é fundamental na concretização dos trabalhos implantados em cada região”, explica.


Dia de Campo em Cruzmaltina (PR), organizado pela ISLA em parceria com a Horticenter.  A ocasião foi marcada por demonstração dos Tomates Lucca e Enzo 

Para 2019, a equipe da ISLA tem excelentes perspectivas para os materiais. “Estamos prestes a cumprir a etapa de concretização dos trabalhos na maioria das regiões, depois de cumprido, nosso foco estará totalmente voltado para venda pulverizada, a fim de atingirmos o máximo de produtores e consolidarmos tanto o Lucca quanto o Enzo no cenário nacional de tomates do Brasil”, menciona.



Dia de Campo com demonstração dos Tomates Lucca e Enzo, em Cruzmaltina (PR) – Alta produtividade e excelente pacote de resistências dos materiais garante o sucesso aos produtores 

Quanto à saída de mercado do Lucca e do Enzo, os resultados são muito animadores. Produtores que vem trabalhando com os materiais estão muito satisfeitos com a comercialização destes, destacando que os produtos são atrativos para o comprador/atravessador, hortifrútis, mercados e supermercados. “São materiais que  tendem a sair mais rápido da banca, a qualidade dos frutos, coloração, seu peso e shelf life (pós colheita), são um atrativo extra pra quem compra e também comercializa. Toda cadeia está satisfeita com retorno financeiro que o Lucca e Enzo proporciona. Estamos entrando num mercado “commoditie” onde empresas tradicionais vem trabalhando há muito tempo e cabe a nós trazer algo novo ao produtor e que lhes traga resultados positivos, dessa forma não tenho dúvidas que teremos sucesso e nossos materiais serão protagonistas no mercado de tomate”, indica Matheus.

Conheça Lucca e Enzo, os tomates super saborosos que estão fazendo sucesso nas lavouras brasileiras

O Tomate Enzo é um híbrido do tipo italiano com frutos firmes e compactos na coloração vermelho intenso, que alcançam até 220g cada e se destacam por serem extremamente saborosos. Cada penca chega a dar seis frutos de excelente pós-colheita e potencial de colheita maduro na planta. Além disso, a sua planta possui ótima cobertura foliar e resistência a Murcha do Fusário (raça 3), Murcha do Verticílio, Vírus do Mosaico do Tomate, Geminivirus e Meloidogyne incognita raça 1.


Tomate Híbrido Enzo cultivado em sistema de mulching  | Conheça mais características do material aqui! E para conferir os resultados em campo e mais informações acesse este link

Ainda prezando pela excelência no sabor e alto potencial em campo, o Lucca é um material do tipo saladete que apresenta resistência a  Murcha do Fusário (raça 3), Murcha do Verticílio, Vírus do Mosaico do Tomate, Vira Cabeça, Geminivirus e Meloidogyne incognita raça 1. Com frutos firmes internamente e que trazem vantagens na hora do transporte,  eles também apresentam destaque para a cobertura foliar, produtividade e sabor!


Tomate Híbrido Lucca cultivado em sistema de mulching | Conheça mais características do material aqui! E neste link você confere mais informações e a performance em campo do material 

Quer conhecer outros tomates diferenciados que podem garantir o sucesso de sua lavoura? Confira esse conteúdo!  As sementes podem ser adquiridas online em www.isla.com.br, pelo telefone 0800 709 5050 e no Whatsapp (51) 98412 – 8415  🍅

Gostei(1)Não Gostei(0)

Tem algo para acrescentar sobre esse post? Compartilhe com a gente!