Como confeccionar armadilhas para o controle de insetos prejudiciais

A procura por alimentos mais saudáveis vem crescendo no Brasil, o que impacta diretamente no setor hortifrúti. Produtores vem buscando cada vez mais por soluções com o menor impacto negativo possível no meio ambiente e na saúde dos consumidores. Para tanto, uma das soluções práticas e eficientes é investir em medidas alternativas durante o manejo no campo, como a produção de iscas para o controle de insetos que prejudicam a saúde das plantas.

Horticultores que estão com problemas devido à tripes, mosca-branca, pulgões, moscas minadoras e vaquinhas podem encontrar a solução confeccionando armadilhas caseiras. De baixo custo, elas utilizam materiais como cola e as cores azul e amarela para atrais os animais.

Alguns são atraídos pela cor azul escura, como o caso dos tripes. Estes são muitos comuns e um dos grandes desafios de produtores que trabalham com culturas como pimentão, morango, cebola, cenoura e tomates. Pequenos, eles são capazes de transmitir viroses muito prejudiciais, como é o caso da  Vira-Cabeças, responsável por muitos prejuízos em culturas como a de Pimentão.

Identificação: No vídeo você confere a tripes, responsável por inúmeros prejuízos nas lavouras. Utilize armadilhas da cor azul para atraí-las. 

Outros insetos, como vaquinhas, pulgões, moscas minadoras, moscas brancas  e cigarrinhas são atraídos pela cor amarela.

Identificação: Vaquinha se alimentando de feijão-vagem. Para o controle utilize armadilhas da cor amarela!

As armadilhas podem ser adquiridas comercialmente e custam em torno de R$2,00 a R$2,50. De acordo com a pesquisadora Janaína Pereira dos Santos, da Epagri de Caçador-SC, com cerca de R$0,20 é possível confeccionar em casa as armadilhas, com papel cartão ou garrafas do tipo pet.

Confira o passo a passo elaborado por Janaina para produzir as armadilhas e evitar o uso de agrotóxicos em sua propriedade!


Armadilha é eficiente para controle de mosca branca em cultivo de tomates

Materiais necessários para confeccionar armadilhas adesivas com garrafas pet
-Garrafas de 500ml ou 2l
-Tinta da cor amarelo ouro ou azul royal (escolha conforme a necessidade)
-Arame
-8 colheres de sopa de breu moído (pode ser adquirido em casas agropecuárias)
-5 colheres de sopa de óleo de soja
-Pincel para aplicar a cola nas armadilhas

Confecção da armadilha
-Dissolva a tinta em solvente e pinte as garrafas por dentro (não devem ser pintadas por fora)
-Fazer um furo central na tampa das garrafas e introduzir o arame (utilizado nas tampinhas para colocar armadilhas em locais altos, como árvores).

Materiais necessários para confeccionar armadilhas do tipo painel adesivo
-Papel cartão na cor amarelo ou azul escuro
-Arame extrudado ou arame fino para pendurar

Confecção da armadilha de painel adesivo
-Corte o papel cartão. O tamanho fica a critério de cada produtor, de acordo com as suas necessidades
-Geralmente o papel cartão é colorido apenas de um lado. Neste caso, para proporcionar que os insetos sejam capturados em ambas as faces, cole os lados incolores de dois papéis recortados com auxílio de uma cola comum.

Antes de levar as armadilhas para o campo, é necessário passar a cola. Saiba como produzir
-Em uma vasilha, adicione 8 colheres de breu e 5 de óleo de soja e mantenha o fogo baixo. Deixe por cerca de 5min para que o breu derreta. Neste processo é fundamental ter cuidado para que a cola seja preparada em fogo baixo, pois em caso contrário ela perderá a liga.

-Logo após o derretimento, aplique a cola no lado externo das garrafas pet ou dos papéis cartão. A cola deve ser aplicada logo após o derretimento do breu, ou irá endurecer, impossibilitando o processo.


Armadilhas de garrafa pet em cultivo protegido de pimentões e tomates

Gostou das dicas? Neste vídeo da pesquisadora Janaína você pode conferir o passo a passo para realizar os procedimentos acima:

E se quiser saber mais sobre o desempenho das armadilhas no campo, não deixe de assistir a este vídeo da pesquisadora:

 

 

Gostei(73)Não Gostei(1)

Tem algo para acrescentar sobre esse post? Compartilhe com a gente!