PASSO A PASSO SIMPLES PARA MONTAR SUA PRIMEIRA BANCADA DE MICROVERDES

Com base nas experiências vivenciadas na sua Estação de Desenvolvimento de Produtos, a ISLA Sementes lança manual para montar uma bancada de baixo custo para produção de microverdes


Os microverdes estão cada vez mais presentes na alimentação dos brasileiros

Nos últimos 2 anos, surgiram diversas pessoas que começaram a investir no segmento, aumentando a oferta dessas pequenas e nutritivas hortaliças em quase todo o território nacional. 

Essa forma de colheita jovem continua sendo novidade para muitos e é verdade que não existe uma fórmula pronta para a sua produção. Cada horticultor adapta as tecnologias conhecidas à sua estrutura e condições climáticas. Com ciclo de desenvolvimento extremamente rápido, cada detalhe do manejo faz muito diferença no resultado do produto comercial.

Uma das formas possíveis e mais práticas de produzir microverdes é utilizando uma bancada, adaptável a qualquer estrutura de cultivo protegido, como uma estufa. Esta versão, inspirada em um modelo idealizado pelo setor de horticultura da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) vem evoluindo de acordo com a experiência vivida na estação da ISLA. 

De acordo com o Agrônomo Santiago Leal, Analista de Relacionamento da empresa, o modelo apresentado no material é prático e versátil:

“As bancadas para produção de microverdes podem ser feitas de diversas formas e com diversos materiais, mas identificamos que o modelo de piscina, feita com madeira e revestida com lona dupla face, pode ser utilizada tanto por produtores em áreas urbanas quanto rurais, e podem ser adequadas a cada espaço”, afirma. 

Bancada para produção de microverdes

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR GRATUITAMENTE O MANUAL PARA MONTAR A SUA PRÓPRIA BANCADA DE MICROVERDES


Tem interesse em começar a produzir microverdes e desenvolver o seu próprio negócio?

Nossa equipe conversou com Amanda Inoue, Coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento da ISLA, sobre quais são os pontos que precisam ser avaliados pelos produtores que pretendem cultivar microverdes. Confira:

  1. Avalie se já existe demanda para o produto na região 

Se os microverdes já foram conhecidos na sua região, isso é um bom sinal. Do contrário, será preciso avaliar investimentos em comunicação e divulgação da novidade. 

  1. Conheça seu público alvo 

Entender em qual formato e com que frequência seu público irá consumir o produto pode ser crucial para o planejamento da sua produção. Conforme explica Amanda, por ser um produto delicado e com maior perecibilidade, entender como ele vai ser transportado e comercializado também é muito importante. 

  1. Elabore com cuidado o seu portfólio produtos

Pense cuidadosamente em quais produtos irá oferecer e se eles correspondem às expectativas dos seus futuros clientes. Faça experimentos e degustações das variedades que pretende oferecer. 

  1. Monte uma estrutura adequada à sua realidade

Existem diversas formas de produzir microverdes: desde as estruturas de baixo custo até grandes estufas com luz artificial e controle de clima. Estude as possibilidades e avalie com cautela qual se adapta melhor à sua realidade e à outros fatores como capacidade produtiva  investimento inicial disponível. 

  1. Escolha sementes e insumos de qualidade

Os microverdes são sensíveis e delicados, por isso devem estar sempre muito limpos, uma vez que geralmente vão direto da produção para o prato dos consumidores. Deve-se dar muita atenção à qualidade da água oferecida, como também é de extrema importância estar atento à qualidade do substrato escolhido, que deve ser sempre muito limpo. 

Escolher sementes preparadas especialmente para a produção de microverdes faz toda a diferença. Altos índices de germinação e manejo adequado podem ser decisivos para a sua produção. 

Clique aqui para conhecer agora mesmo a seleção de sementes para microverdes da ISLA e faça o seu pedido através do 0800 – 709 5050 ou pelo Whatsapp 51 9133-4236

Tem algo para acrescentar sobre esse post? Compartilhe com a gente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *