3 soluções orgânicas para o controle de pulgão

Responsáveis por causarem prejuízos nas lavouras, especialmente de culturas de alface, pimentão, tomate e melão, os pulgões são pequenos insetos que enfraquecem as plantas ao se alimentarem da seiva de suas folhas, caules e frutos. Plantas atacadas por pulgões apresentam folhas amareladas e começam a murchar. Os pulgões também são vetores de vírus e bactérias que podem provocar infecções nas plantas. Métodos ecologicamente corretos no controle de pulgões vão ajudar a manter sua produção saudável, e também irão garantir que insetos benéficos e predadores naturais dos pulgões não sejam prejudicados!


Existem diversos tipos de pulgão, de coloração preta, marrom e até mesmo verde. Geralmente, eles ficam aninhados uns próximos aos outros, como nas fotos. Após perceber a presença na lavoura, produtores devem agir realizando o controle para impedir o prejuízo 

O primeiro passo, antes de aplicar soluções, é identificar a presença dos pulgões. O dano provocado pelos pulgões é facilmente reconhecido pela presença de fios parecidos com algodão ao redor de botões e folhas novas das plantas (algumas espécies de pulgão
preferem as mais velhas). Pulgões são conhecidos também como piolhos-das-plantas e vivem em grupos, o que facilita a sua identificação. Outra recomendação é plantar próximo a lavoura cultivos atrativos de joaninhas, que são ótimas predadoras de pulgão. As plantas da família apiácea (coentro, cenoura, salsa) tem potencial para atrair esses pequenos insetos, que auxiliam no controle natural de pulgões. Também é possível utilizar armadilhas coloridas para o monitoramento e controle do pulgão na lavoura, ou recorrer a caldas orgânicas!

Confira 3 soluções agroecológicas para lidar com pulgões em sua lavoura:

Solução de fumo, álcool e sabão

Semelhante a uma pulga, o pulgão se alimenta das hastes, folhas e frutos das hortaliças, podendo causar considerável prejuízo aos produtores rurais. Na foto acima você confere o pulgão verde

Ingredientes:
– 100 g de sabão caseiro (sabão de cinzas);
– 100 g fumo em corda;
– 1 litro de álcool;
– 15 litros de água.

Como preparar a solução:
1° Passo: trituração do fumo

• Triture o fumo em corda em pedaços bem pequenos e adicione o mesmo ao álcool.
• Junte à mistura o sabão picado finamente ou então ralado.
2° Passo: curtimento da solução
• Deixe os ingredientes de molho por 2 dias.
3° Passo: aplicação
• Utilize 200 ml da solução para 15 litros de água.

*Também apresenta resultados no uso para controle de lagartas

Solução de urtiga
Uma revisão diária nas condições das folhas, hastes e frutos garante maior controle ao lidar com insetos indesejados! Confira bem os materiais e a qualquer sinal de presença de pulgões, prepare uma calda e realize o controle, ou contate um técnico agrícola de sua região para lhe auxiliar no processo

Ingredientes:
– 500 g de folhas de urtiga frescas;
– 10 l de água.

Como preparar a solução:
1° Passo: coleta das folhas de urtiga
• Colha as folhas da urtiga com a ajuda de uma luva ou saco plástico para proteger as mãos
de queimaduras que podem ser proporcionadas pela mesma.
2° Passo: mistura dos ingredientes
• Coloque as folhas colhidas na água por 2 ou 15 dias (ver formas de aplicação abaixo).
3° Passo: aplicação
• Quando o repouso for de 2 dias, aplique sem diluição, e quando o repouso for de 15 dias será preciso diluir a solução em mais 10 partes de água (1 litro da solução em 10 litros de água).

Solução de confrei:

Joaninhas são predadoras naturais de pulgões, podendo auxiliar no controle destes! A nossa dica é cultivar materiais que atraiam joaninhas perto de sua produção, como é o caso do coentro

Ingredientes:
– 1 kg de folhas de confrei;
– 10 litros de água.

Como preparar a solução:
1° Passo: preparativos
• Triture no liquidificador as folhas de confrei com 1,5 litros de água, ou deixe em infusão na
água por 10 dias.
• Quando usar o liquidificador, complete o líquido com água até atingir 10 litros da solução.
2° Passo: aplicação
• Quando for usado o método do liquidificador, é possível aplicar logo após o preparo, e
quando for usada a infusão será necessário esperar os 10 dias.
• Aplique diretamente sobre as plantas atacadas.

 

Quer preparar armadilhas para controle e monitoramento de pragas na lavoura? Não deixe de conferir o passo a passo aqui! E neste link temos mais uma receita de solução orgânica para combater pulgões nas lavouras 😀 

Fonte: Fichas Agroecológicas – Técnicas apropriadas para agricultura orgânica 
Coordenação de Agroecologia – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
www.agricultura.gov.br/desenvolvimento-sustentavel/organicos

Gostei(73)Não Gostei(1)

Tem algo para acrescentar sobre esse post? Compartilhe com a gente!