ISLA Sementes apresentou novidades e tendências em mais uma Hortitec

Nos dias 26, 27 e 28 de junho a ISLA participou da 26ª edição da Hortitec, em Holambra-SP. A maior feira de horticultura da América Latina reuniu por mais um ano as principais marcas do setor, apresentando novidades para produtores e varejistas.  Muito visitado, o estande da ISLA foi um sucesso de público! Nele foi possível conferir os materiais in natura, conhecer as tendências da horticultura, ficar pode dentro de informações técnicas para o sucesso de cada cultivar nas diferentes regiões brasileiras, conhecer novas formas de cultivo e adquirir sementes de alto potencial.


Equipe e estande da ISLA Sementes na 26ª Hortitec 
Materiais diferenciados foram um destaque na feira. Na foto vocês conferem o Tomate Verônica (material em gomos), mini tomates Catânia (laranja), Sicília (amarelo), Tigre e o pré-lançamento Abóbora Macarrão Vegano

Além de apresentar os destaques e lançamentos que são tendências no mercado, a ISLA proporcionou um espaço de troca de informações entre horticultores, projetos de hortas urbanas e comunitárias, estudantes, professores, chefs de cozinha, ONGs, influenciadores e hortelões urbanos.



Linha de sementes com enfoque profissional e para horta em casa fizeram sucesso com o público. Equipe altamente treinada estava disponível para tirar dúvidas e auxiliar os visitantes 

Mais de 60 variedades de alto potencial foram expostas no estande da ISLA, possibilitando novas oportunidades aos produtores rurais e para quem quer ainda mais sabores na horta caseira. Na linha de sementes profissionais, se destacaram os mini tomates, como as variedades Sicília (tipo uva de coloração amarelo ouro), Catânia (tipo cereja de coloração laranja), Dolcetto (tipo uva de coloração vermelha), Sorbetto (tipo mini italiano de coloração vermelha) e Tomate Tigre, as variedades de tomate em tamanho tradicional Lucca (tipo saladete) e Enzo (tipo italiano), os Mini Pimentões coloridos Kaiki, Kalani e Akamu, além das cultivares em formato mini block como os pimentões Moke e Kaolin. Pré-lançamentos como o Pepino Merenda, ideal para lanches e a Abóbora Macarrão Vegano, que terá sementes disponíveis para compra a partir de agosto, também fizeram sucesso com o público. As couves-chinesas Lian e Xitara, além de queridinhas como a Abóbora Pérola Negra, que tem sabor de castanhas assadas, o Feijão-Vagem Xaxá (sem fio), o Pepino Banglas e as berinjelas de visual extremamente chamativo Niobe e Bilbo, também estavam em exposição.

 
Mini tomates, mini pimentões, abóboras exóticas, berinjelas de visual único e ampla linha de pimentas são um sucesso no portfólio da ISLA e estiveram expostas durante a 26ª Hortitec

Claudio Nunes, gerente de desenvolvimento de produto da ISLA, abordou as tendências da horticultura, salientando a relevância de produtores ficarem atentos as hortaliças diferenciadas, com alto potencial em campo, bom pacote de resistências e apelo pelo visual e de sabor. De acordo com ele, investir em alto valor agregado pode garantir um excelente retorno financeiro, além de proporcionar maior diversidades nas refeições dos brasileiros, impactando também no aumento de um consumo mais saudável.

“Valor agregado de mercado nada mais é que você  colocar em seu produto uma logomarca, trazer um produto que já tem um diferencial no mercado né. Então a ISLA já vem trazendo nos últimos anos vários produtos para o mercado. Um exemplo prático disso são os mini pimentões adocicados, como é o caso do Kalani, do Akamu e do Kaiki, que são materiais com diferencial em termos de paliatividade melhor. Mas o produtor tem que se preocupar também em oferecer uma embalagem diferenciada para o consumidor final”, sugeriu.


Claudio Nunes e alguns dos materiais destaque da ISLA Sementes. Integrando a linha Super Sabor da marca, as variedades se destacam por características únicas

Também foi apresentada uma das novidades da ISLA deste ano, que é a linha de sementes para a produção de microverdes, uma das grandes tendências da horticultura. A Mighty Greens do Brasil esteve presente no estande para apresentar aos visitantes essas micro hortaliças cheias de sabor, dando dicas sobre os cuidados diários, benefícios destas plantas e realizando a degustação dos materiais, que permite aos produtores maior compreensão sobre as características de cada cultivar e como podem investir no ramo.

Pedro Calegaro, agrônomo da Mighty Greens, menciona que para a produção eles utilizam fibra de coco esterilizada a vapor e que é imprescindível que os horticultores estejam atentos ao clima e particularidades de sua região, tendo cuidado com a irrigação, possibilidade de excesso de umidade e contaminação dos materiais. “O sabor é uma das grandes vantagens do nosso produto, mas também ele é riquíssimo em antioxidantes. E dá para colher uma vez por semana, o que é uma grande vantagem para os produtores”, explicou.


Microverdes de cebola e alho-poró são um sucesso de vendas da Mighty Greens


Presença da Mighty Greens do Brasil no estande da ISLA possibilitou que produtores conhecessem de perto os microverdes, aprofundando conhecimentos sobre manejo, formas de produção e experimentando as diferentes variedades disponíveis no mercado

Entre sete e 21 dias após o cultivo é possível colher os microverdes

O produtor Paulo Andre Ferraz, de Ponta Grossa (PR), participou da Hortitec para conhecer as novas tecnologias de campo e ver de perto os microverdes. “Tenho interesse nos microverdes e em todo aspecto de tecnologia nova que tem no campo e está relacionada a hortaliças. Os microverdes eu conhecia pela internet, mas é difícil você ter todos os dados, e quando você conversa com quem já produz, que tem essa parceria com a ISLA (Mighty Greens), é mais fácil a gente compreender, entender como tá funcionando esse mercado”, expôs.



Raízes brancas são um excelente sinal para quem produz os materiais, indicando sanidade das plantas 

A Hortitec é um espaço de troca de conhecimentos capaz de transformar a horticultura e estimular um consumo mais saudável. Claudio Nunes, gerente de desenvolvimento de produtos da ISLA, evidencia que uma das grandes preocupações da marca é ampliar o consumo de hortaliças no Brasil, impactando positivamente na saúde da população.

Jorge Barcellos, pesquisador da UFSC e grande especialista em hidroponia no Brasil, ficou encantando com o estande e destacou materiais como a Abóbora Macarrão Vegano e os pepinos da ISLA, que ele indica para hidroponia. Segundo seu relato, a marca vem se aperfeiçoando a cada ano. “Espetacular! Mesmo que encontre ou não novidades é muita coisa para ver, para conversar. As vezes visualmente não tem tantas novidades, mas você vai conversar com as pessoas e sempre tem algo novo, é imperdível”, resumiu.



Estrutura de hidroponia estava montada para apresentar o sistema e o desenvolvimento de folhosas e temperos da ISLA neste

Para quem produz tomates, Cristhofer da Cruz, coordenador técnico de vendas da ISLA, que acompanha lavouras dos tomates Lucca e Enzo, esteve presente disponibilizando instruções de manejos dos materiais. “Tem que fazer uma adubação bacana dentro de nitrogênio, potássio e principalmente um manejo adequado de água dentro de um cultivo protegido. Para um fruto um pouco mais graúdo ele necessita um pouco mais de potássio, para um fruto ideal”, revelou.


Equipe da ISLA compartilhou informações técnicas sobre os tomates Lucca e Enzo e manejo nutricional para o sucesso da lavoura 

Bibiane Volpato, da equipe técnica da Tomates Mallmann, uma referência na produção da cultura no Brasil, esteve presente no estande da ISLA e foi além da tomaticultura na avaliação sobre a feira. “Está bem movimentado! O pessoal parece estar interessado e o estande está lindo né gente. Esses microverdes. Eu disse até pra equipe de vendas sobre a Pérola Negra, que é a minha preferida. Eu experimentei quando fui para o Sul e é maravilhosa, com aquele gostinho de castanha”, destacou.

“Esse ano a Hortitec se superou e o estande da ISLA é o meu preferido. Achei muito interessantes as novidades da ISLA para este ano, sobretudo a parte de mini hortaliças Acho que esse é o caminho. O setor gastronômico tem ganhado cada vez mais espaço na mídia e na mesa dos brasileiros também, então a ISLA está com um papel muito importante de disponibilizar isso não só para os produtores, mas para chegar com mais facilidade para a população em geral”, comentou Leonel Constantino, aluno da Universidade Estadual de Londrina (UEL),que veio para a Hortitec com o pesquisador Leandro Gonçalves.  Leandro, pesquisador e professor de melhoramento genético da UEL, destacou os mini pimentões, salientando que desenvolveu pesquisas com os materiais e evidenciando que a feira é um encontro para troca de saberes.



Visita de alunos da UEL ao estande da ISLA rendeu ótimas conversas e troca de conhecimentos sobre horticultura

Para Nuno Rodrigo Madeira, pesquisador da Embrapa Hortaliças, a feira estava muito interessante e cheia de inovação, um evento fundamental para os produtores brasileiros. “O que eu acho mais rico na ISLA é a diversidade que a marca tem. A questão de muitas variedades mais antigas, dessa valorização de variedades locais, ao mesmo tempo que apresenta híbridos mais modernos”, complementou. Indo na direção de materiais mais modernos, de alto valor agregado, Alex Lee, diretor comercial da Rio Bonito Orgânicos, marcou presença na Hortitec e destacou algumas das novidades: “Acho que está valendo a pena esse Banglas, vamos testar no mercado e ver se o resultado vem de acordo com o que a gente imagina. Tô levando agora a berinjela Bilbo, que é um produto que acho que carece no mercado e a Pérola Negra, que é fantástica, de sabor é inigualável. Tem muita coisa legal para a gente testar nesse ano”, salientou.


Alex Lee, da Rio Bonito Orgânicos, conversou com equipe da ISLA Sementes sobre materiais diferenciados de alto valor agregado e as tendências do mercado da horticultura

Outra possibilidade para quem quer diferencial no mercado é realizar a colheita jovem de variedades como pepinos, cenouras, rabanetes, folhosas e berinjelas.  A professora Roseli Salles veio de Curitiba com 35 alunos, entre eles produtores, para conhecer os lançamentos em hortaliças deste ano. “Viemos para prestigiar a ISLA e conhecer principalmente a linha baby, a parte de tomates, pimentões mais adocicados”, contou. Julio Cesar Rosa, produtor de Assis (SP), começou a cultivar variedades da ISLA com foco em colheita jovem para abastecer o seu restaurante. O negócio foi crescendo, e o sucesso foi tanto que hoje ele comercializa as hortaliças excedentes em sua região. “Começamos a produzir as mini folhas da ISLA, junto as alfaces mimosa, romana, frisées e mostarda pra consumo próprio. E o sucesso foi tão grande, que hoje temos uma produção excedente que estamos vendendo para os nossos clientes da cidade de Assis”, alertou.


Engenheira Agrônoma Vânia Chassot e Rúcula Donatella, da ISLA Sementes

A engenheira agrônoma Vânia Chassot pontuou a forte presença do empreendedorismo tanto de empresas quanto de produtores. “É uma oportunidade para conhecer soluções e tecnologias novas, como tela de sombreamento, soluções para irrigação e também as questões do dia a dia do produtor rural”, mencionou. A pesquisadora Simone da Costa Mello, da Esalq (USP), também marcou presença na Hortitec. “Materiais genéticos novos, inclusive que utilizamos em nossas pesquisas, e isso é bastante positivo porque nós conseguimos encontrar materiais genéticos adaptados às diferentes condições de cultivo e em sistemas de cultivo diferentes também. É uma feira bastante promissora para trazer novas tecnologias para o produtor”, destacou.


Equipe da ISLA apresentou materiais in natura e manejo ideal de cada variedade

Eunice Pereira Pinto, da Casa do Sítio, de Porto Velho (RO), é parceira da ISLA há mais de 20 anos e atende o Cinturão Verde, região marcada por forte presença de hidroponia e horta familiar. “A ISLA é nossa parceira nesses anos todos com sementes de envelope, com sementes de lata. Vendemos muitas sementes de melancia da ISLA, que pessoal planta na baiera do Rio Madeira né. Parceria boa, muito boa, lucrativa e duradoura”, comentou com orgulho.

Conheça todas as novidades e confira as características dos materiais emwww.isla.com.br! As sementes podem ser adquiridas no site, no 0800 709 5050 ou pelo WhatsApp no (51) 984128415

 

Gostei(6)Não Gostei(0)

Tem algo para acrescentar sobre esse post? Compartilhe com a gente!